Buscar
  • Sinsenat

TJRN AFRONTA DECISÃO DO STF E SERVIDORES PARALISAM AS ATIVIDADES DIA 1/10

Na manhã desta quinta-feira (19) o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte julgou os agravos da ação do Plano Geral, cujo o tema era o CUMPRIMENTO DA AÇÃO. Visto que o processo passou pelo Supremo Tribunal de Justiça e Superior Tribunal Federal, com vitória por unanimidade para os servidores públicos municipais de Natal, os Ministros reconheceram os direitos dos servidores que estão hoje com salário inicial de R$725,00, abaixo do salário mínimo.


A decisão do TJRN afronta uma decisão do STF e não reconhece a decisão do Juiz Luis Alberto (5ª vara da Fazenda Pública) na qual determina a atualização da matriz salarial dos servidores.

Em assembleia geral realizada na manhã desta quinta-feira (19) os servidores aprovaram uma PARALISAÇÃO GERAL DAS ATIVIDADES NO MUNICÍPIO DE NATAL no próximo dia 1º de outubro, às 9h na Praça Tamandaré, junto com os servidores da saúde que, em Assembleia Unificada da Saúde, também deliberaram paralisação das atividades.


NO DIA 1º DE OUTUBRO OS SERVIDORES MUNICIPAIS DE NATAL VÃO PARAR!





0 visualização
  • Instagram ícone social
  • Facebook Social Icon
  • YouTube ícone social

© 2019 

Website criado pelo SINSENAT