Buscar
  • Sinsenat

Sinsenat participa de audiência pública na Câmara Municipal


Na manhã dessa quarta (10), o Sinsenat participou da audiência pública, proposta pela vereadora Nina Souza, onde foi debatida a necessidade da redução da carga horária contratual dos servidores que tenham cônjuge, companheiro, filho ou dependente pessoa com deficiência.


O Sinsenat, que apoia a iniciativa, acredita que a redução é de extrema importância para que o servidor possa dar a devida e essencial atenção ao seu dependente com deficiência. Consoante às falas dos diversos profissionais presentes na audiência, temos a certeza de que a sociedade tem um ganho muito maior com a pessoa com deficiência independente e capaz, diante da redução de carga horária concedida ao servidor que se dedica no sucesso de um acompanhamento devido.


Soraya Godeiro (coordenadora geral do Sinsenat) ainda propôs uma alteração importante na proposta de lei: que a aplicação da carga horária especial não seja fixada em 20 horas semanais como consta no projeto de lei e sim que seja aplicada uma redução de 50% na carga horária do servidor, de forma a abranger de forma igualitária as diferentes realidades existentes no município, já que temos servidores com 20, 30 e 40 horas de jornada de trabalho semanal.


#SomosDeLuta




31 visualizações
  • Instagram ícone social
  • Facebook Social Icon
  • YouTube ícone social

© 2019 

Website criado pelo SINSENAT