Buscar
  • Sinsenat

Sinsenat orienta servidores a não voltar ao trabalho presencial e aguardar mediação do MPT



Diante da denúncia apresentada pelo Sinsenat ao Ministério Público do Trabalho contra o decreto do prefeito Álvaro Dias, que determina a volta ao trabalho presencial e coloca os servidores dos grupos de risco da Covid-19 como incapacitados ao trabalho, o Sindicato orienta que:


1. Os servidores com comorbidades, as lactantes, as gestantes e àqueles com mais de 60 anos não voltem ao trabalho;


2. Que se aguarde a mediação do Ministério Público do Trabalho;


3. Que a Prefeitura do Natal cesse a pressão aos servidores e aguarde decisão do MPT.

58 visualizações0 comentário
  • Instagram ícone social
  • Facebook Social Icon
  • YouTube ícone social

© 2019 

Website criado pelo SINSENAT