Buscar
  • Sinsenat

GREVE NA SEMUT

Conforme anunciado, o movimento de GREVE POR TEMPO INDETERMINADO dos servidores da Secretaria Municipal de Tributação (SEMUT), teve início na manhã desta quinta-feira. Os servidores se concentraram em frente à SEMUT e realizaram um ato de protesto contra a diferença de tratamento praticada pela Prefeitura de Natal que privilegia algumas categorias e trata com discriminação outras. A categoria mantém acampamento todos os dias em frente à secretaria e no dia 01 de outubro une-se às demais categorias do Plano Geral e da Saúde para um grande ATO UNIFICADO!


Dentre as pautas da categoria está o reajuste da Gratificação de Atividade Fazendária (GAF), única gratificação percebida por estes servidores, congelada há 7 anos. Os servidores cobram ainda a criação de um plano de cargos específico da categoria.


O SINSENAT fez uma análise nas folhas de pagamento da Prefeitura de Natal, por meio do Portal da Transparência e constatou que a SEMUT é uma das secretarias de maior diferença salarial entre as categorias. Enquanto o servidor do Plano Geral tem o salário-base, inicial de R$ 725,00, abaixo do salário mínimo, os Auditores Fiscais chegam a receber mais de R$ 30.000,00/mês acima, inclusive, do teto constitucional.


O sindicato repudia a diferença de tratamento entre as categorias!


Dia 01 de outubro, às 9h da manhã, na Praça Tamandaré, haverá um grande ATO UNIFICADO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS!!!






0 visualização
  • Instagram ícone social
  • Facebook Social Icon
  • YouTube ícone social

© 2019 

Website criado pelo SINSENAT