• Instagram ícone social
  • Facebook Social Icon
  • YouTube ícone social

© 2019 

Website criado pelo SINSENAT

Buscar
  • Sinsenat

Coordenadora Geral do Sinsenat, Soraya Godeiro Massud, recebe homenagem na Assembleia Legislativa



A coordenadora geral do SINSENAT, Soraya Godeiro, foi uma das homenageadas na Assembleia Legislativa do RN, em audiência pública realizada na manhã desta terça-feira, 30, em alusão ao Dia do Trabalhador e ao movimento sindical do RN. A sessão foi uma iniciativa do deputado estadual Francisco do PT, que descreveu o momento como uma homenagem a lideranças e organizações sindicais que representam os interesses dos trabalhadores norteriograndenses.

"Um reconhecimento à tantos líderes que dedicaram suas vidas à luta da classe trabalhadora, especialmente neste momento onde os trabalhadores enfrentam tantos ataques e retiradas de direitos é imprescindível reconhecer o trabalho desenvolvido pelas lideranças sindicais", destacou o deputado Francisco do PT.


Soraya Godeiro, recebeu a placa das mãos da Governadora Fátima Bezerra e do deputado Francisco do PT. "Fiquei muito emocionada. É uma honra estar aqui e receber esta linda homenagem ao lado de tantos companheiros e companheiras de luta. São décadas dedicadas à luta pela garantia dos direitos, pela valorização dos servidores públicos municipais de Natal. Agradeço a todos e todas que confiam e lutam ao nosso lado", ressaltou Soraya Godeiro.



Uma vida dedicada à luta


Soraya Godeiro Massud nasceu em Natal/RN pertencente ao lado “clã” da classe trabalhadora da família Godeiro, por parte de mãe, oriunda de Patu/RN; do lado paterno, seus avós fugiram aos 17 (dezessete) anos em um porão de um navio da cidade de Bichara no Líbano ao Brasil, por perseguição religiosa por serem Cristãos.


Anos depois nasce Soraya Godeiro Massud no dia 21/11/1962, dia da Padroeira de Natal.

Ao ingressar na UFRN, em 1980, aos dezessete anos, passou a fazer parte do movimento estudantil. Foi fundadora do Centro Acadêmico de Nutrição da UFRN; fez parte da Diretoria do Diretório Acadêmico de Saúde e do Diretório Central dos Estudantes, DCE, da UFRN.


Em 1986 ingressou no serviço público municipal. Participou ativamente da luta pela redemocratização do país e a reorganização dos Sindicatos alijados pela Ditadura Militar.


Em 1990, participou do primeiro processo eleitoral do Sinsenat, sendo eleita a sua primeira presidenta.


Em 2002 foi novamente eleita presidenta do Sinsenat.


Hoje é uma das Coordenadoras do Sinsenat e membro do Conselho de Municipal de Saúde.

São trinta e três anos de luta pelos direitos da classe trabalhadora a qual pertence e por implementação de políticas públicas de qualidade.


Uma Mulher militante, mãe, avó e que se permite amar quando o amor acontece.





101 visualizações1 comentário